sexta-feira, 20 de abril de 2012

O difícil é reconhecer,que temos que MUDAR!

Em meio a toda correria do dia a dia, sinto falta do tempo precioso de poder colocar meus pensamentos no papel, mesmo que não agradando a todos, são meus, bem particularmente meus.
E a vida... ela segue, muita das vezes mais apressada do que gostaríamos, outras vezes, mais vagarosa impossível... e como isso é entediante muita das vezes, não é mesmo? Mas, chego a cada dia a conclusão de que independente de como esteja “andando” a vida, infelizmente, em meio a raça humana, tem predominado a ingratidão com tudo e com todos. Buscamos sempre mais realizações, reclamamos sempre mais das mesmas ou diferentes coisas, achamos sempre tudo muito trabalhoso  e chato demais, blasfemamos demais. Ou seja, tá sempre tudo ruim demais. Vivemos na esperança necessária (obviamente) do “Vai tudo Melhorar” ,nos limitamos a isso,e passamos a não enxergar e sermos gratos por aquilo que já está bom.
    O que realmente me assusta é essa deplorável capacidade de olharmos sempre para as dificuldades e fazer delas o assunto da vida... e nos colocarmos sempre na posição de “Vítimas” do meio, da sociedade, da criação recebida, da posição social. Parece tão mais fácil, não é mesmo? colocar a responsabilidade da nossa falta de pró-ativez,de sensibilidade, de amor, de fé, de responsabilidade, de respeito, de gratidão, de sinceridade, de honestidade, de bondade, de humildade, de amizade, de companheirismo,falta de DEUS em alguma escora...  O difícil é reconhecer em nós a real necessidade de MUDAR!!